No centro da Sua vontade!


Portanto, não se preocupem, dizendo: ‘Que vamos comer?’ ou ‘Que vamos beber?’ ou ‘Que vamos vestir?’ Pois os pagãos é que correm atrás dessas coisas; mas o Pai celestial sabe que vocês precisam delas. Busquem, pois, em primeiro lugar o Reino de Deus e a sua justiça e todas essas coisas lhes serão acrescentadas " (Mateus 6: 31-33)

E em certo momento nos encontramos correndo de um lado pro outro, e não vemos sentido em nada do que vivemos, enquanto nossas vidas estão cheias, nos sentimos vazios. A decepção causada pela falta de excelência em nossas atuações nos mostra uma verdade difícil de ser encarada, somos grandes máquinas rápidas e inúteis.

E é então que “todas essas coisas” se tornam tão difíceis de ser conquistadas que enxergamos que assim como as aves do céu e os lírios dos campos, nosso Deus está pronto a nos proporcionar tudo o que precisamos para viver plenamente.

Jesus não sugere que deveríamos nos afastar de nossos compromissos e viver vidas tranquilas e descansadas, distantes das lutas desse mundo. Ele simplesmente nos convida a uma mudança de coração, quando nos preocupamos, colocamos nossos corações no lugar errado. Jesus nos pede que movamos nossos corações para o centro, onde todas as coisas se encaixam no lugar certo.

O centro, o “Reino de Deus” como está descrito no texto, é mais do que um lugar onde não temos o que fazer e recebemos tudo de forma fácil. Mas é um novo padrão, onde as coisas do Reino são a prioridade absoluta e onde “todas essas coisas” entram não de forma fácil, mas de uma forma que entendemos Deus trabalha e molda a nossa vida.

Peguemos o exemplo de quem aconselhou, Ele sim, Jesus que parecia ser tão ocupado e sempre tão rodeado de pessoas doentes e que precisavam de Seus milagres e palavras, achava sempre o momento de buscar o Pai. Como Jesus conseguiu, também podemos conseguir! A receita que ele deixou é simples: Amor. Amor cuidadoso, ainda que exigente. Amor apoiador, ainda que severo. 

Amor gentil, ainda que forte. É um amor que dá a vida, ainda que aceite a morte.
“Todas essas coisas”, que tanto nos ocuparam e preocuparam, vão surgir como dons e desafios que fortalecem e aprofundam a nova vida que descobrimos.

O Reino é o lugar onde o Espírito de Deus nos dirige, cura, desafia e renova continuamente.
Criar hábitos como um tempo a sós com Deus, sem livros, músicas de fundo e nada pronto ou preparado, apenas uma enorme vontade de falar e ouvir o que Ele tem pra te dizer. Vai ser tornar indispensável ter aquela conversa com o Pai, e a paz verdadeira vai se instalar à medida que essas conversas fluírem. Quanto mais tempo passarmos a sós com Deus, mais descobriremos que Deus está conosco em todos os momentos e lugares. Não nos fechando na bolha, criemos também o costume de ouvir a voz de Deus em conjunto, ouvir o que Ele te fala pela boca do seu semelhante e assim criar um laço onde cada vez mais pessoas estejam no centro da vontade Dele.

E por fim, desejo a mim mesma e a quem dedicou seus p
reciosos minutos lendo esse texto, forçapra recomeçar, e que cheguemos à plenitude dessa nova vida.

0 comentários:

Postar um comentário

 
Juventude Missionária © 2011 | Designed by Camila Zaponi